Modéstia ou Humildade? Arrogância ou Orgulho?

orgulho1Modéstia é a ausência de vaidade, a simplicidade e a moderação – em resumo, é um comportamento balanceado. Pode ser descrita como a virtude que nos impulsiona a sermos decorosos, apropriados e reservados; na maneira de vestir, se portar, falar, andar e sentar – em geral, na maneira de se comportar exteriormente. Existe também um equívoco de que as pessoas modestas são muito simples, tímidas, e possivelmente sofrem de complexo de inferioridade. Nada pode estar mais longe da verdade. Quando olhamos para Sri Ramakrishna, Swami Vivekananda, Buda ou Jesus Cristo, não achamos que eles estão sofrendo de nenhum complexo. Eles conheciam sua própria grandeza mais do que qualquer outra pessoa; ainda assim, todos eles são modelos de modéstia. A pretensão de falsa modéstia também chama a nossa atenção. Existem pessoas cheias de orgulho e arrogância quase explodindo internamente, que fingem humildade exterior e modéstia. Ai daquele que não notar sua humildade e modéstia! Um exemplo típico é aquele indivíduo que se julga como tal, pois a justificativa é de que diz “Bom Dia!” ao porteiro do condomínio! Isto nada mais é que educação e respeito, comportamento que devemos ter perante qualquer pessoa, independente de classe social, nível cultural, credo, raça ou cor.

Arrogância é o sentimento que caracteriza a falta de modéstia. É comum conotar a pessoa que apresenta este sentimento como alguém que não deseja ouvir os outros, aprender algo de que não saiba ou sentir-se ao mesmo nível do seu próximo. São sinônimos, o orgulho excessivo, a soberba, a altivez, o excesso de vaidade  pelo próprio saber ou o sucesso.

Humildade refere-se à qualidade daqueles que não tentam se projetar sobre as outras pessoas, nem mostrar ser superior a elas. É a virtude que dá o sentimento exato da nossa fraqueza, modéstia, respeito, pobreza, reverência e submissão. Por humilde também se pode entender a personalidade que assume seus deveres, obrigações, erros e culpas sem resistência. Assim, se pode dizer que a pessoa ou indivíduo “assume humildemente”, ou seja, se coloca no seu devido lugar. Jesus foi o maior exemplo disto pois foi um líder que não fazia tudo, delegava funções a seus colaboradores.

Orgulho é um sentimento de satisfação pela capacidade ou realização ou um sentimento elevado de dignidade pessoal. Em Português a palavra Orgulho pode ser vista tanto como uma atitute positiva como negativa dependendo das circunstâncias. Assim, o termo “pode” ser empregado de maneira errada, tanto como sinônimo de soberba e arrogância quanto para indicar dignidade ou brio.

Em resumo, orgulho é o oposto de humildade; arrogância, de modéstia.

Anúncios

Sobre Marcio Higa

Pós-graduado em Telecomunicações, Bacharel em Ciência da Computação e Técnico em Mecânica. Está terapeuta há 10 anos, com formação em Reflexologia(Podal e Auricular) pelo IOR, Crochetagem(Técnica de Fisioterapia Manual) e Manobras Articulares(Quiropraxia e Osteopatia) pela ABCroch, e Psicoterapia Reencarnacionista, na qual é Ministrante, Palestrante e Coordenador Nacional e de SP dos Grupos de RAD(Regressão À Distância) da ABPR. É fundador e proprietário do Instituto Sofia Higa, em São Paulo-SP, na Vila Prudente.
Esse post foi publicado em Consciência e Poder. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s