Limites e Regras

imagesVivemos em uma sociedade, na qual existem limites e regras, onde através destes, designamos manter a ordem, o respeito e a harmonia em todos os aspectos.

Mas em até que ponto devemos seguir a risca determinadas regras? Será que não estamos impondo limites a nós mesmos, conforme a figura ao lado, seguindo certos paradigmas, ultrapassados e engessados?

Temos de analisar, através da consciência, que determinados procedimentos não se encaixam mais na atual situação, pois tudo é muito dinâmico e passageiro.

Aquelas frases do tipo: “Em time que se ganha não se mexe”, ou: “Sempre funcionou deste jeito, por que que mudar?”, já não são tão convincentes assim, pois haja vista no futebol, em que cada jogo é uma história, onde certas teorias, análises estatísticas e fatos históricos podem “ir por água abaixo” na hora em que a “bola rola”!

O exemplo mais recente foi na última Copa do Mundo, há pouco mais de um mês, onde a campeã Alemanha, ou melhor dizendo, o técnico alemão, escalou a equipe de maneira diferente em todos os jogos, alternando jogadores e padrões táticos.

Fica a prova de que o estudo é fundamental, em todas as áreas da vida, não só no campo profissional, onde em tempos atrás, era dito que o médico seria o único profissional que nunca deveria parar de estudar.

Isto hoje em dia, vale a todos os profissionais, sejam engenheiros, advogados, contadores, donas de casa, bombeiros, etc., pois correm o risco de serem ultrapassados e ficarem obsoletos.

Anúncios

Sobre Marcio Higa

Pós-graduado em Telecomunicações, Bacharel em Ciência da Computação e Técnico em Mecânica. Está terapeuta há 10 anos, com formação em Reflexologia(Podal e Auricular) pelo IOR, Crochetagem(Técnica de Fisioterapia Manual) e Manobras Articulares(Quiropraxia e Osteopatia) pela ABCroch, e Psicoterapia Reencarnacionista, na qual é Ministrante, Palestrante e Coordenador Nacional e de SP dos Grupos de RAD(Regressão À Distância) da ABPR. É fundador e proprietário do Instituto Sofia Higa, em São Paulo-SP, na Vila Prudente.
Esse post foi publicado em Consciência e Poder. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s