Metamorfose

imagesMudança considerável que ocorre no caráter, no estado ou na aparência de uma pessoa, ou seja, a transmutação física ou moral.

Muitos dizem que o maior desejo, no momento, é querer mudar o mundo, pois na atual circunstância, a tendência é piorar cada vez mais!

Certa vez perguntaram a Osho: “É possível tentar mudar o mundo para salvá-lo, sem ser agressivo?”

Eis a resposta: “Isso já é agressivo!  Até mesmo o esforço de mudar um único indivíduo é agressivo.

Quem é você para decidir o que está certo para determinada pessoa?

Quem é você para decidir que o mundo, se for mudado segundo as suas ideias, será um lugar melhor?

Você está assumindo o papel de um salvador, e essa é uma maneira inconsciente de dominar as pessoas.

É para o bem delas próprias, é claro, para que não se rebelem contra você. Todos os pais fazem isso com os filhos.

“Pelo próprio bem deles” eles os disciplinam, obrigando-os a fazer coisas que eles não querem fazer, impondo-lhes alguma religião sem o consentimento deles.

De todas as maneiras possíveis, a liberdade deles está sendo manipulada.

Quanto menos liberdade, menos individualidade…

E, no momento em que o filho se tornou cem por cento obediente, ele “morreu”!

Não é função nossa mudar o mundo!

Em primeiro lugar, nós nunca o criamos.

Não é responsabilidade nossa para onde ele vai e o que vai acontecer com ele.

Nossa única responsabilidade é que, enquanto estivermos aqui, vivamos uma vida de alegria, de amor, de felicidade.

Enquanto estivermos aqui, a nossa responsabilidade é saber quem somos e em que consiste esta vida.

E o milagre é que, ao fazer isso, você já está mudando o mundo sem ser agressivo.

Não há em você nenhuma ideia de mudar o mundo e, assim, a questão da agressão não surge.

Você não tem sequer uma vaga concepção de mudar o mundo e torná-lo como você acha que deveria ser.

Você está simplesmente vivendo a sua vida, da qual você é o dono.

Você está tentando vivê-la da maneira mais intensa e total possível, porque a vida é muito curta e o momento seguinte é tão incerto que temos de encarar cada momento como se fosse o último.

Apenas a própria ideia – como se este fosse o último momento – vai transformá-lo.”

Enfim, se cada um cuidar da sua vida de forma plena, consciente e sem apegos, o mundo se tornará melhor!

Anúncios

Sobre Marcio Higa

Pós-graduado em Telecomunicações, Bacharel em Ciência da Computação e Técnico em Mecânica. Está terapeuta há 10 anos, com formação em Reflexologia(Podal e Auricular) pelo IOR, Crochetagem(Técnica de Fisioterapia Manual) e Manobras Articulares(Quiropraxia e Osteopatia) pela ABCroch, e Psicoterapia Reencarnacionista, na qual é Ministrante, Palestrante e Coordenador Nacional e de SP dos Grupos de RAD(Regressão À Distância) da ABPR. É fundador e proprietário do Instituto Sofia Higa, em São Paulo-SP, na Vila Prudente.
Esse post foi publicado em Consciência e Poder. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s